sábado, 2 de março de 2013

hoje percebo

Não é fácil aceitar. nem digerir. nem sequer acreditar que será assim.
Ontem percebi. O que Tu queres de mim...
Depois de ter pensado. de ter chorado. de ter quase rejeitado.... hoje rendo-me. Ou se calhar não.  Mais do que me render, se calhar aceito.

nos últimos dois meses, dei por mim a experienciar o que é realmente a solidão. não me queixo. claro que não! afinal, foi definida por mim.

E se no início não foi fácil de gerir, hoje, aceito-a.
hoje percebo que o Projeto que Tu tens para mim, é meu. É para ser construído sozinha. É para ser vivido sozinha.

Sempre fui uma pessoa de sensações. De dizer o que penso. De dizer o que quero, ou simplesmente o que me apetece.

Hoje, desabafo.... Deste estar só, deste aprender a viver sem mimo, sem carinho, sem um simples "gosto de ti", sem abraços.... Custa-me apenas.... destruir um sonho....

Um sonho que me acompanha desde criança, que sempre admiti querer concretizar, que sempre que julgava não ser possível, me partia o coração.

Olhando para trás.... a verdade é que.... SER MÃE não passou de um sonho.... que me acompanhou durante quase três décadas e que hoje faz sentido arrumar na caixinha das recordações.

Aceito, simplesmente. Tentei fugir de Ti, tentei acreditar que, ao contrário do que Tu querias para mim, um dia, a minha vontade, o meu sonho seria concretizável.

Hoje, baixo os braços.... Acabou a luta.... ACEITO, simplemente....

Ainda dói..... De verdade que sim.... mas como alguém me dizia ontem, TUDO PASSA..........

E hoje eu digo....

Encerro um capítulo importante da minha vida de sonhos.

Sem culpas, sem culpados. Encerro-o com um coração pequenino e apertado.... mas com a certeza de que, quando passar, será melhor.