terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Então, Deus existe?

Ontem trouxeram-me um miminho... Depois de ter falado comigo ao telefone e porque me conhece bem, a minha amiga storyteller percebeu que eu estava tristinha. Então, veio ter comigo e trouxe-me um livro que devorei ontem à noite e se chama Deus explicado numa viagem de táxi de Paul Arden:
"Enquanto caminhava com um velho amigo e mentor, pedi-lhe se ele me poderia explicar Deus. 'Olha', disse ele, apontando para o pôr do sol. 'Quem achas que fez aquilo?Achas que é um acidente? Achas que é um efeito de luz? Achas que é um feliz acaso? Se achas que sim, então diz que acreditas em felizes acasos.' Evolução, destino, criação, acaso. Podes chamar-lhe o que quiseres. São todas palavras que usamos para descrever a mesma coisa... A existência de Deus. Deus é o nome que damos à força por detrás da criação. É nisso que acredito. Acredito em Deus."
Obrigada:-)

3 comentários:

Storyteller disse...

Quando o vi naquele maravilhoso antro de perdição chamado FNAC não resisti! Achei que tinhas mesmo de tê-lo. Ainda por cima, parafraseando um conhecido cientista, Albert Einstein (parece que era ateu convicto): "Deus não joga aos dados"; ou seja, não há coincidências, mas sim sincronização.
E eu acrescento - sintonia.

Anitah disse...

Claro que Deus existe....

Senao fosse Ele, não existiriam sorrisos, nem crianças a correr na rua :)

É Ele que nos sustenta....

Paras disse...

Só ela já é um miminho.